Kia K9

0

A missão do novo sedã de grande porte da Kia certamente não é das mais fáceis. Ele chega com a responsabilidade de bater de frente com rivais do porte de BMW Série 7, Mercedes Classe S e Audi A8. Lançado recentemente como K9 na Coréia do Sul, terra natal da Kia, ele receberá outro nome, ainda não definido, fora do mercado asiático. Uma das possibilidades é Optima, nome já utiilizado antes em outro sedã. Em 2013, ele deve ser a grande novidade da marca nos Estados Unidos e no Brasil.
[doptg id=”5″]

O K9 utiliza a plataforma do Hyundai Genesis e seu design é imponente, com linhas modernas e elegantes. “Este é nosso primeiro sedã grande com tração traseira”, diz Soon-Nam Lee, diretor de marketing da Kia. “Com ele, elevamos nossos padrões. O K9 representa o que temos de melhor”. Fortes vincos nas laterais transmitem a sensação de robustez, enquanto faróis e lanternas com LEDs dão um toque tecnológico. Na dianteira, destaque para a grade em forma de boca de tigre, assinatura atual da marca sul coreana. Mas, há que se dizer: sem as logomarcas, ninguém duvidaria que ele é um sedã alemão. Não por coincidência, Peter Schreyer, atual chefe de design da Kia, ganhou destaque no mundo automobilístico trabalhando na Audi. Debaixo do capô, um V6 3.8, com opções de 286 ou 329 cv, que trabalha com uma moderna caixa automática de oito marchas. E, com rivais de calibre, ele não poderia fazer feio na lista de equipamentos. Além de itens de segurança padrão (ABS, airbags e controle de estabilidade), o K9 incorpora sistema de monitoramento dos arredores com quatro microcâmeras e aviso de mudança involuntária de faixa de rolamento. E, entre os mimos para os ocupantes, tela sensível ao toque de 12 polegadas, head-up display (projeta informações no painel no para-brisa) e banco traseiro reclinável com apoio para os pés. “Este carro é como um sonho tornado realidade”, resume Schreyer.