“Cores do Brasil”, por Basso & Brooke

2

 

O projeto tem curadoria assinada pelo designer André Stolarski, que coordenava o setor de comunicação da Fundação Bienal de São Paulo. Após seu falecimento, em Agosto de 2013, Didi Rezende e Kalina Bourgeois – idealizadoras e diretoras do projeto –, mantêm viva a memória do designer com a curadoria do projeto.

O “Cores do Brasil” é um projeto cultural multidisciplinar que tem por objetivo unir responsabilidade social, fotografia, moda, design e tecnologia de impressão digital. Através de oficinas fotográficas e de impressão digital, realizadas em instituições culturais e em comunidades nas cidades de Belém, Fortaleza, Rio de Janeiro e São Paulo, sessenta e quatro jovens entre 14 e 26 anos, de comunidades vulneráveis receberam orientação do fotógrafo Tuca Vieira.

As oficinas fotográficas ajudaram na construção e desenvolvimento deste  olhar crítico, dentro do contexto em que vivem, o seu cotidiano e a sua cidade, em uma ação de valorização do patrimônio cultural nacional, fazendo com que eles reconheçam valores locais e qualidades visuais tradicionais do Brasil, como a trama de uma renda, os pontos que constroem um bordado, os desenhos de azulejos, a diversidade da nossa fauna e flora, entre outros. Desta forma, incentivando o jovem a buscar uma identidade que não estivesse limitada a propagandas e clichês que constroem a marca Brasil.

Os registros fotográficos captados pelos jovens criou um banco de imagens com mais de 12.600 fotografias que trouxeram belezas e cenas pouco ou nada conhecidas. A partir dessas leituras contemporâneas da realidade brasileira, Basso & Brooke através das possibilidades tecnológicas inovadoras, transformaram essas imagens em estampas digitais que podem ser aplicadas nas mais diferentes superfícies, como madeira, tecido, couro e azulejo.

Apresentando um trabalho singular, o projeto “Cores do Brasil” compõe uma exposição numa grande instalação, no último andar, da Oca, formada por um grande livro pop up de 5 metros de altura, por 10 metros de comprimento, formando 7 capítulos, numa sucessão de espaços que trazem a pluralidade das fotografias realizadas pelos jovens participantes do projeto, desde a imagem na sua forma original até a manipulação no desenvolvimento do processo digital. Os designers Basso & Brooke também desenvolveram nove looks para a exposição, sendo cinco femininos e quatro masculinos, além de trazer nove chapéus exclusivos, elaborados pelo designer Stephen Jones. A exposição ainda conta com projeção do making of do projeto, apresentando o desenvolvimento nas oficinas e a dinâmica do processo das informações, que constroem um ambiente envolvente ao expectador e, ao mesmo tempo, o convida a deixar seu papel contemplativo e descobrir essas leituras contemporâneas do Brasil.

O arquiteto e designer Marko Brajovic assina a cenografia da exposição, proporcionando uma grande obra de arquitetura sensorial inspirada em livros de histórias pop up. São páginas de seis metros de altura e dez metros de largura que permitem ao visitante “entrar” em cada um dos sete contos ilustrados, onde cada página conta uma história diferente em cada conto por meio do tema das estampas e das superfícies escolhidas, complementadas pelo figurino que se contextualiza enquanto personagem. “A instalação icônica e multifacetada poderá ser apreciada e explorada livremente pelo publico tanto no livro pop up central quanto nos painéis que completam a exposição narrando o processo criativo e envolvimento das comunidades em todo o projeto”, afirma Marko.


Bruno Basso & Christopher Brooke são os pioneiros no processo de estamparia digital na moda. Desde a apresentação de sua coleção 100% estampada digitalmente, apresentada na semana de moda de Londres, eles fizeram história no mercado, sendo agraciados com o prestigiado prêmio “Fashion Fringe”, e com o prêmio “Melhores Novos Designers” pela Elle Style Awards. Michelle Obama chegou às manchetes vestindo uma das peças da marca, tornando-se um dos primeiros designers do reino unido a ser usado pela primeira-dama norte-americana. O London Design Museum selecionou a coleção spring-summer 2009 para o prêmio “Design do ano”, em 2010 os designers foram selecionados como membros de “Brands of Tomorrow” pelo renomado programa Walpole. Além de possuir uma peça de roupa no Museu Metropolitan de Nova York – a primeira peça estampada digitalmente da coleção permanente do museu.

A Basso & Brooke já colaborou com marcas de alto valor agregado como Converse, Coca-Cola, Swarovski, HD Sky, L’oreal Paris, MAC, GHD, Stephen Jones, Nicholas Kirkwood, Habitat, Formica, Lycra, Red Bull, Graham & Brown, British Council, Havaianas, BT, E&J Gallo Winery, Dorchester Collection, Harrods e muitas outras.

OCA – Parque do Ibirapuera
CORES DO BRASIL
Período: de 03 de Julho a 02 de Agosto
Terça a Domingo, das 10hs às 18hs
Quintas-feiras, das 11hs às 22hs
Entrada: Gratuita
Acesso: Av. Pedro Álvares Cabral – Portão 3
Contato: (11) 3105-6118
Site: www.parqueibirapuera.org/
Site: www.coresdobrasil.org
Facebook: coresdobrasil.1
Twiter: @coresbrasil

Por Lara Müller
Fotos: Divulgação