Porsche Panamera 2021 ganha retoque e nova versão

79

Versão híbrida 4S E-Hybrid de 560 é a única confirmada para o Brasil e chega em 2021.

O esportivo alemão, disponível nas variantes Executive e Sport Turismo, chega com retoques no visual, mais potência na versão de topo Turbo S e também uma nova versão híbrida plug-in 4S E-Hybrid, que teve a autonomia ampliada no modo elétrico.

Em visual, o Panamera 2021 passa a contar com pacote opcional Sport Design que deixa o estilo mais agressivo com entradas de ar frontais destacadas e amplas aberturas de ventilação laterais, bem como um conjunto de luzes dianteiras exclusivo. De modo geral, a linha recebeu retoques no visual dianteiro em itens como para-choques, entradas de ar, nova assinatura de luzes e no caso do GTS, lanternas escurecidas. Três novas rodas de 20″ e 21″ completam a linha, que ao todo passa a contar com 10 opções.

A Posche também diz que em todos os modelos da linha Panamera o chassi e os sistemas de controle foram reconfigurados para mais esportividade e conforto e, em alguns casos, totalmente modificados. O Porsche Active Suspension Management (PASM) revisado garante uma melhoria perceptível no conforto de amortecimento, enquanto o controle de estabilização eletromecânica Porsche Dynamic Chassis Control Sport (PDCC Sport) promete aprimorar a dinâmica. 

Panamera 4S E-Hybrid 

Híbrido plug-in voltado para o desempenho, o Panamera 4S E-Hybrid conta com um trem de força composto pelo motor 2.9 litros V6 de 440 cv associado a uma unidade elétrica de 100 kW (136 cv) associado a transmissão PDK de oito velocidades.

Com as melhorias aplicadas, agora a potência combinada é de 560 cv e o torque máximo de 76,4 kgfm – trata-se de um importante ganho em comparação com o anterior 4 E-Hybrid que entregava um total de 462 cv de potência e 71,4 kgfm de torque.

Equipado com o pacote Sport Chrono de série, a aceleração de 0 a 100 km/h agora é feita em 3,7 segundos (era 4,6 segundos no 4 E-Hybrid) enquanto a velocidade máxima é de 298 km/h, contra 278 km/h antes. 

A capacidade da bateria foi aumentada de 14,1 para 17,9 kWh por células otimizadas em comparação com os modelos híbridos anteriores e os modos de condução foram otimizados para maior eficiência no uso de energia. Com as mudanças, a autonomia no modo totalmente elétrico de acordo com o padrão WLTP é até 54 km.

 

Para mais informações:

Instagram: @porsche

https://www.porsche.com/brazil/pt/