Lucas Simões – Caixa Cultural

3

A Caixa Cultural São Paulo apresenta, de 20 de julho a 20 de outubro, a exposição Lucas Simões, projeto no qual o artista plástico pesquisa o suporte e a materialidade da fotografia, explorando suas possibilidades de profundidade e volume, por meio de sobreposições, recortes e curvaturas. A exposição é produzida pela Fundação Gilberto Salvador e tem o patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

Lucas Simões é um artista independente, com formação em Arquitetura e Urbanismo. Em seu processo criativo o artista busca intervir em objetos ou imagens que carregam significados, os quais ele dobra, corta e desconstrói em novas formas, e cria uma nova representação de imagens que oscilam entre beleza e estranhamento, movimento e profundidade.

A exposição, que tem curadoria do artista plástico Gilberto Salvador,  revela em dois núcleos formados por 26 obras– “Quase Cinema” e “Desretratos e Desmemórias” – dois processos diferentes de intervenção sobre fotografias, com recortes, costuras e sobreposições.

O núcleo “Quase Cinema”, composto por oito obras, propõe uma releitura da fotografia como narrativa, por meio do alongamento e repetição da imagem. O efeito é obtido com o uso de imagens costuradas em madeira e tecido. As sequências formadas dão a sensação de movimento. Esse núcleo é ainda, dividido em duas séries:“Verdade é uma colagem contínua”, onde Lucas se apropria de imagens de edifícios cuja monumentalidade é reflexo de uma ideologia por trás de seu comissionamento e “Ficções”, em que paisagens originais são desmontadas por meio de manipulações digitais.

Já o núcleo “Desretratos eDesmemórias” é formado por 18 obras, compostas por fotografias recortadas e sobrepostas, entre chapas de acrílico. Em “Desretratos”, o artista utilizou retratos feitos no momento em que amigos íntimos contavam um segredo. Aintenção era capturar as expressões de cada um na hora de revelar o segredo. Em“Desmemórias”, Simões utiliza fotografias de velhos amigos de infância e pessoas que ele acabara de conhecer.

Serviço: CAIXA Cultural São Paulo. Endereço: Praça da Sé, 111 – Centro – Telefone: (11) 3321-4400 – Visitação: De 20 de julho a 20 de outubro de 2013. Horários: De terça-feira a domingo, das 9h às 20h – Entrada franca

Por Lara Müller
Foto: Divulgação