Acquabrava: novo restaurante mediterrâneo em Ipanema

2

Aromas e sabores de países que o Mediterrâneo banha invadem a rua Farme de Amoedo, em Ipanema, com a chegada do restaurante Acquabrava. É ali, no coração do bairro, entre as ruas Visconde de Pirajá e Prudente de Moraes, que o restaurante funciona. Um imponente casarão de 400 m², dois andares, e capacidade para mais de 150 lugares se divide em três ambientes, com dois salões e varanda. Por trás do comando do serviço e da consultoria da nova casa está Lilian Seldin, que retorna aos salões de restaurantes do Rio.

O menu, inspirado na culinária mediterrânea, une o forte da gastronomia de regiões como o Sul da França, Espanha, Grécia, Itália, entre outros. Embora sejam países com diferentes culturas, religião e política, são lugares com clima e, principalmente, gastronomia muito semelhantes.

Na nova casa, chamam atenção os pescados e frutos do mar frescos, além do uso das ervas, hortaliças e claro, do azeite. Uma degustação de azeites, ingrediente principal e fonte de gordura da dieta mediterrânea – classificada como Patrimônio Mundial e Imaterial da Humanidade pela UNESCO –, está na seção de antepastos e saladas do menu. Outra degustação também presente no cardápio é a de azeitonas de diferentes países, chamada de “olivatta”.
O menu é dividido em seções onde é possível encontrar pratos clássicos, muito comuns em cada região. Entre eles, o fideuá, típico da Catalunha (zona mediterrânea da Espanha), a mussaca, uma especialidade grega, e o bouilabaisse, uma sopa preparada à base de peixes brancos, vegetais e ervas aromáticas, muito popular no Sul da França. Há ainda oito sabores diferentes de pizzas, entre elas, a de chorizo espanhol e azeitonas pretas.

Para quem gosta de apreciar o vaivém da movimentada rua, a varanda conta com um cardápio exclusivo recheado de sugestões deliciosas, perfeitas para serem saboreadas ao ar livre. Entre as atrações, estão as ostras frescas que chegam acompanhadas de três molhos – limão siciliano, provençal e aioli ao tabasco.

No capítulo sobremesas, receitas que fazem sucesso como a crema catalana, doce típico da Catalunha, o italiano tiramissú, e o beleua, tipo de doce folheado árabe. Outro charme é a degustação de seis tipos de sorvetes – turron, limão siciliano, figos secos com cardamomo, pistache com nuts, gergelim nero e cereja amarena.

Por Lara Müller
Foto: Divulgação