Absolut Elyx e Per Hermansson recebem convidados para um sensorial tasting da primeira vodka de luxo do mercado

3

 

[doptg id=”298″]

 

Na noite desta terça-feira, 21/10, a partir das 19h, a primeira vodka de luxo do mundo, Absolut Elyx, juntamente com o analista sensorial, Per Hermansson, recebem convidados para um exclusivo sensorial tasting com menu desenvolvido pelos chefs de cozinha Pila Zucca, Demian e sua equipe do Buffet Les Amis, dentro do Cidade Matarazzo.

O evento pretende disseminar os conceitos de Absolut Elyx, como seu processo de produção handcrafted, que vai desde a colheita do trigo de fonte única até o engarrafamento. Produzida exclusivamente com trigo do castelo de RABELOF, no sul da Suécia, Absolut Elyx é destilada a mão em um alambique de colunas de cobre de 1921, resultando em uma vodka de sabor aveludado e inigualável. Totalmente artesanal, a produção da bebida se torna limitada e exclusiva.

Em harmonia com os conceitos de fabricação de Absolut Elyx, o tasting oferecerá a seus convidados uma experiência sensorial completa, que vai desde o menu criado exclusivamente para essa ocasião, onde cada prato representará um dos processos de produção da vodka, aos drinks inusitados que prometem aguçar ainda mais os sentidos.

Per Hermansson, analista sensorial há mais de 30 anos, será o responsável por conduzir o tasting e trazer as sensações da vodka para o universo do jantar. Ele passou metade da sua carreira usando seu olfato e paladar para desenvolver o espírito único e exclusivo de Absolut. Ao redor do mundo, o sueco realiza degustações para apresentar através dos sentidos os diferenciais que fazem de Absolut Elyx uma vodka superior. Membro do júri internacional do Internacional Spirits Award, na Alemanha, Per avalia vodkas e gins do mundo inteiro, além de inúmeras competições de drinks. Para finalizar, a decoração, assinada por Clarissa Rezende, terá base no conceito Raw Luxury da bebida, misturando velas, madeira e cobre, numa composição chique, porém mantendo a rusticidade e autenticidade do reduto cultural e histórico, o Cidade Matarazzo.

 

Por Lara Müller
Fotos: Midori de Lucca