Burning Man 2020 terá apresentações e exposições online de artistas brasileiros

31 ago, 2020

O Burning Man é um dos maiores eventos de música eletrônica, contracultura e arte do mundo, e esse ano devido a pandemia, será online e tem um grande time de artistas brasileiros na sua produção.

No dia 30 de Agosto, o Burning Man se inicia e terá cinco dias de transmissão com oito universos de experiências para serem acessados via celular, computador ou até por óculos de realidade virtual.

A MellaNino Project (formado pela arquiteta, produtora cultural e cenógrafa Amanda Mella e o músico Anthony MUSEUS) se juntou a Lucca Salvatore (produtor de experiências e diretor de cinema) e a Antônio Coutinho (CEO do escritório de realidade virtual VRONE, focado em experiências imersivas). De forma colaborativa criaram um museu chamado VISIONARY PALACE. Esse museu, ou planeta com sua própria órbita, flutua no céu no MysticVerse, um dos universos reconhecidos do Burning Man. Ele abriga diversos artistas dentro de sua massa e tem suas próprias luas, onde abrigam as salas de exposição individuais.

Ainda no time de criadores, estará presente o grafiteiro Cranio, reconhecido internacionalmente por sua arte contra o consumismo desenfreado retratada nas famosas ilustrações dos “índios azuis” , além de Felipe Morozini, Claudia Liz, Nathalie Edemburg, Gustavo Prata, Tripolli, Luiz Maudonnet entre diversos outros grandes nomes.

Burning Man online
Ilustração do artista Cranio

Ainda dentro do VISIONARY PALACE terão apresentações musicais de um time de peso brasileiro. Dessa forma The Visionary Palace é também palco para artistas como Eli Iwasa, XAXIM, Ignácio ‘Live’, No Porn ‘live’, Gian Granito e Lucca Salvatore. Dentre as apresentações dois artistas que criaram um som imersivo e de ruídos em loop: L_cio (DOC records & MEMNTGN) que dessa vez não fará o seu projeto em live e Dudu Marote (Grammy Multiplatina).

Burning Man online
Rita Wainer por Felipe Morozini

Apresentações:

Eli Iwasa

Ignacio ‘live’

XAXIM

NoPorn ‘live’

Lucca Salvatore

GIAN GRANITO

Som ambiente da galeria:

L_cio

Dudu Marote

Além deste planeta museu, terão dois palcos com curadoria de importantes produtores culturais brasileiros.

Palco Irupé (por Luar Franzine):

A Instalação, desenvolvida em formato 3D, é resultado dos esforços de Adriel Ushl, Breno Vibes, Luar Franzine, Matheus Silva e de Carol Michelon, idealizadora das artes gráficas do projeto.

Construída minuciosamente após imersão no universo das lendas indígenas Tupi-Guarani, a intervenção propõe um novo contato com a cultura ancestral da região Norte do Brasil.

A grande flor Vitória Régia, destaque da obra, representa novas possibilidades de interação, e comunicação, criando uma intersecção onde passado e futuro fundem-se em uma única experiência.

Arquitetura, audiovisual e performance integram-se na proposta que, também terá a participação especial de artistas indígenas e de coletivos artísticos brasileiros como Zaragata, Pilantragi, MBR, Sinkro, Festa Dama, Boli, Serenight e Gruta.

Palco The Heart Space (por Amanda Mella e Anthony Meyo):

Com apresentações de Bhaskar, Cazu, Nikkatze, Marcio Techjun, Museus, Alurea e Acci Baba mais o label do Universo Paralelo, encerram o evento na quinta-feira.

Mais informações sobre a edição do Burning Man online em: https://mysticverse.live/

https://www.kindling.burningman.org/multiverse

Faça sua inscrição antecipada para participar nesse link: https://mysticverse.live/rsvp/

Posts relacionados

Deixe uma resposta